4 materiais que em breve mudarão o mundo

Conheça nessa matéria alguns materiais que em breve poderão mudar o mundo e tudo que conhecemos.

O mundo está colapsando. Até aí, nenhuma novidade. A notícia boa é que tem muita gente por aí desenvolvendo novas alternativas de materais para sobrecarregar menos o planeta, tanto nos esforços necessários para a produção dos bens, como na gestão de resíduos. Materiais realmente biodegradáveis, ou com vida útil maior, ou que reaproveitam materiais e os transformam em outros produtos de grande utilidade no dia a dia. Nossa SUPERLISTA de hoje vai te mostrar quatro produtos que vão mudar o mundo quando começarem a ser amplamente usados – e algo me diz que isso não vai demorar muito.

1. Vidro com memória eterna
Todo mundo já passou pela ingrata experiência de molhar um pendrive com aquele trabalho que você levou dois meses para concluir, ou de o computador dar um defeito sem conserto antes de você fazer o backup, ou (essa é das antigas) de arranhar um CD em que você havia gravado todas as fotos daquela viagem depois de limpar o cartão da máquina. Você chorou, eu chorei, todo mundo já chorou por causa desse tipo de situação. Mas é possível que a Hitachi tenha descoberto a solução para esse problema. Eles desenvolveram um tipo de cristal de vidro que consegue guardar as informações gravadas nele para sempre. A fabricante desenvolveu um novo tipo de vidro que consegue “suportar temperaturas extremas e condições hostis sem se degradar praticamente para sempre”. Os dados são armazenados em formato binário em pontos dentro de uma finíssima camada do cristal. Atualmente, o protótipo mede 2 cm quadrados, tem 2 mm de espessura e consegue armazenar até 40 Gb, mas os cientistas da Hitachi já estão trabalhando para aumentar essa capacidade.

2. Plástico de camarão e teia de aranha
Não é bruxaria, é tecnologia. Cientistas do Wyss Institute for Biologically Inspired Engineering, da Universidade de Harvard, inventaram um tipo de plástico totalmente biodegradável feito da quitina, um polissacarídeo duro retirado da casca do camarão junto com a proteína que faz a teia da aranha ser elástica. O novo produto foi chamado de Shrilk, e promete ser a solução para um dos maiores problemas ambientais do mundo, que é o descarte de plásticos derivados de petróleo.

3. Aerogelaeroooog

Parece fumaça congelada. Só de olhar, não dá pra botar fé de que o aerogel é um sólido. Mas, na verdade, ele é o sólido mais leve e de menor densidade do mundo. Feito retirando todo o líquido da sílica – mesmo mineral de que se faz vidro e areia -, o gel sólido promete ter muitas aplicações em um futuro próximo. Com uma estrutura extremamente porosa, ele poderá ser usado para isolar as casas do futuro do calor. Hoje em dia, já há roupas de bombeiros que são feitas com o material.

4. Madeira biossintética
Se você viveu no Brasil nos últimos 20 anos, sabe que um dos nossos maiores problemas ambientais é o desmatamento. Mas como conter o desmatamento, se boa parte dos produtos que usamos em nosso dia a dia são feitos de madeira (pense em todos os móveis da sua casa, faculdade e/ou do seu local de trabalho)? Foi para resolver esse problema que surgiu a madeira biossintética. Fabricada a partir de materiais orgânicos que seriam, em tese, desperdiçados – como a casca do coco -, a novidade permite substituir a madeira retirada dos troncos de árvores. O material ainda não é produzido no Brasil, mas isso pode mudar em breve. Em Belo Horizonte, um grupo de alunos do Centro Universitário Uni-BH ganharam um prêmio por terem desenvolvido uma máquina que permitiria a produção da madeira biossintética a partir de fibra de coco.

 

ff

Veja também

loading...